Pelo direito de o Dj tocar o que quiser!

E a história se repete! Dessa vez o alvo foi o americano Mark Farina!

No dia 02 de junho, Mark foi impedido de tocar na boate Marquee em Las Vegas, por não rolar o que o público presente queria. Ele não conseguiu começar a tocar, pois o gerente disse que a multidão precisava ouvir outra coisa…

E o clube Mighty de São Francisco (onde Farina tocou no último dia 07) apoiou o artista criando um flyer “pelo direito de Farina, tocar o que quiser”.

551852_3708930274287_1634810421_n-1.jpg

Isso que é apoio de verdade. Certas casas noturnas brasileiras deveriam inspirar-se na atitude da Mighty com Mark Farina.

A colunista Nanda Mei-ko nos informou sobre um caso semelhante, ocorrido com Dennis Ferrer em fevereiro. Pelo visto, o respeito pelo trabalho e pela arte passou longe nesses dois casos…

Imagina se a moda pega?

Não conhece Mark Farina? No problems!

Aqui, um set gravado no clube Garage de Cuiabá.

GO FARINA!