Swedish House Mafia libera teaser de documentário

shm-image

Falta apenas um mês para o lançamento do documentário “Leave The World Behind”, filme que mostrará a vida do trio sueco Swedish House Mafia! Sem nenhuma coincidencia, o lançamento vai bater com a data da última apresentação da banda no Ultra Music Festival de 2013 em Miami.

Axwell declarou que todos os integrantes estarão reunidos na estréia do documentário em 16 de março no festival SXSW, mas que infelizmente não há nenhuma chance do retorno da banda.

Confira o preview no link abaixo

http://news.radio.com/2014/02/12/watch-swedish-house-mafia-tease-fans-in-new-leave-the-world-behind-clip-announce-sxsw-premiere/

Swedish House Mafia anuncia lançamento de documentário no SXSW de 2014

BdkFsHzCYAAOD6Y

A santíssima trindade irá oficialmente deixar este mundo para trás em março. Desde que o Swedish House Mafia se separou em março de 2013, o vazio desolador que eles deixaram não foi preenchido mesmo que os três suecos continuem suas carreiras solo. Fechando o UMF do ano passado, o mundo disse adeus à máfia sueca, que deixou para trás um legado muito maior do que suas próprias vidas.
Mas nem tudo está perdido! Ainda há uma chance de dizer adeus ao trio sueco, o Swedish House Mafia anunciou em sua conta oficial no Twitter, que seu documentário Leave The World Behind vai estrear em março no SXSW deste ano em Austin.
Por um breve momento, os fãs vão ter a oportunidade de conhecer verdadeiramente Axwell, Sebastian Ingrosso e Steve Angello e ouvir a história que eles têm pra contar, saber como eles realmente são por trás de todos os fogos de artificio e de seus mega shows!
E no final… Leave The World Behind :/

Swedish House Mafia lança primeiro vídeo de novo documentário

SHM

Quando o Swedish House Mafia anunciou sua separação no ano passado , muitos ( quase todos) fãs da música eletrônica ficaram inconsoláveis ​​. Era difícil entender como e por que o amado trio sueco decidiram se separar. Inúmeras entrevistas foram realizadas colocando a ” grande questão : Por que eles estão se separando?
Apesar das respostas que recebemos , ainda era difícil de acreditar. A ” One Last Tour” foi marcada para 2012 e 2013 e após a sua a apresentação final no Ultra Music Festival, todos nós ainda não entendíamos o por que…

Só que nesta semana, os suecos resolveram presentear os fãs com o lançamento de um documentário que mostra os 3 dj´s atrás da cabine, dentro e fora das salas de hotéis e através de suas vidas cotidianas. No primeiro clipe , temos uma pequena chance de acompanhar a vida e tour do ex-trio e alguns dos aspectos negativos, que já indiciavam o fim do Swedish House Mafia. Cheio de nostalgia, este primeiro clipe mostra a força dos suecos no último ano de grupo – o último ano em que podemos ver os três dj´s como um só. O documentário também levanta uma questão: Será que o SHM ainda pode se reunir?

Os fãs devem aguardar pois mais clipes serão lançados nas próximas semanas e o documentário completo em breve.

Ingrosso, Axwell e Steve Angello juntos novamente?

SHM

Pelo menos no novo documentário da produtora Lune sim!

Desde sua separação com direito a uma última apresentação apoteótica no UMF deste ano, os três suecos estão caminhando muito bem obrigado, com suas carreiras solos apesar de diversos rumores de uma “volta” do Swedish House Mafia.

Axwell

Mas parece que vamos ver os três mafiosos juntos de novo, graças a um documentário intitulado de “Leave The World Behind”. O projeto já conta com um site e com dois vídeos-teaser estrelados por Axwell e Sebastian Ingrosso, o terceiro com Steve Angello parece que já está a caminho.

O projeto já tem data para estrear mundialmente: 17/05/2013

Assista aos dois primeiros vídeos com Axwell e Seb Ingrosso:

Axwell e Sebastian Ingrosso anunciam novo projeto! #sorrysteve

Swedish House Mafia

Depois da despedida emocionante no UMF, o Swedish House Mafia ainda tumultua o cenário da música eletrônica mundial.

O Swedish House Mafia, grupo composto pelos suecos Axwell Hedfords, Sebastian Ingrosso e Steve Angello anunciou seu fim em 2012 e seu último show pôde ser visto no UMF em março deste ano. Além de deixar milhares de fãs (e haters) órfãos, os suecos deixaram muita gente com a pulga atrás da orelha por conta dos motivos que levaram a esta separação, Angello em uma entrevista explicou que os três necessitavam de experiências maiores e de novos desafios e que cada um deles mergulharia de cabeça em seus novos projetos solo (?).

Diante das últimas noticias, não era bem isso o que eles realmente queriam… Parece que Steve Angello já não era mais bem vindo! A página oficial do Ushuaia Ibiza confirmou que Axwell e Sebastian Ingrosso iniciaram o novo projeto “Departures”, aparentemente um sideproject com inicio para 12 de junho deste ano. Mas pode ser que seja apenas produto da boataria que rola por aí.

Em outros sites, fontes confirmam que o SHM acabou por conta de Steve Angello. O dj e produtor decidiu seguir seu próprio caminho sem a presença dos outros mafiosos, dizem que Axwell e Sebastian ofuscavam o brilho de Steve e por este motivo ele anunciou sua saída. Munidos de bom senso (já que pra eles não haveria sentido em continuar com o SHM sem Steve), os dois decidiram acabar com o Swedish House Mafia e lançar o novo projeto ainda em 2013.

Em matéria de carisma, Axwell e Sebastian dão de 1.000 a 0 em Steve. Independente de estar com o SHM ou em apresentações solo, Steve nunca foi um dos melhores em matérias de interação e carisma.

Se você tiver alguma dúvida, assista a última apresentação dos suecos no UMF 2013. Fica evidente a apatia de Steve Angello, enquanto Axwell e Ingrosso estão tomados por uma emoção enorme, igual à de quem os assistia. Steve? Steve era Steve, o mesmo Steve que parece mais emocionado com suas fotos no Instagram do que com qualquer reação/emoção que possa vir de seu público.

E que venha o Departures!

Valeu pela dica @emerson_1914

O último show do Swedish House Mafia no UMF

SHM4

Os cinco anos de Swedish House Mafia foram muito bem representados durante a apresentação do UMF que rolou ontem em Miami. Sebastian Ingrosso, Axwell e Steve Angello finalizaram seu legado com um show de arrepiar até o mais hater dos haters e quem dizer o contrário é recalque! As imagens apresentadas no telão junto da sequencia de acordes de “Greyhound(com mashup de Raise your hands)”, mostraram porque o Swedish House Mafia foi uma das maiores bandas do mundo e seu legado ainda vai permanecer por muitos anos na cabeça, e nos ouvidos, de muita gente.

shm5

A apresentação muito bem iniciada, seguiu a linha de sempre sem muitas surpresas, o barato ficou por conta das versões apresentadas de “Wakanda” (Dimitri Vegas e Like Mike) ,”Rasputin” (Hard Rock Sofa), “Leave The World Behind” (Laidback Luke), “Calling – Lose my mind” e o acréscimo de uma bateria eletrônica, que tornou a apresentação mais intensa e muito mais swingada! Após isso, é a vez de “In my mind” de Axwell gerar um coro enorme em Miami e no Youtube, quando a apresentação via streaming chega a mais de 180 mil.

shm6

As tracks “Ressurection Together” (Bootleg de Sebastian Ingrosso e Axwell), “Antidote vs. Zeus”, um mashup incrível de “Calling” e “Epic”, “Kidsos”, “Teenage Crime” (Adrian Lux) e  “Every Teardrop Is A Waterfall” (Coldplay) fizeram o SHM chegar ao topo do tt´s (pelo menos nos EUA) e quase mataram os saudosistas do coração.

Os suecos abusam do microfone pra chamar o público (como se fosse necessário!) pra gritar a cada virada ou drop das tracks, e “Knas” é solta com um mashup fod@ e isso mostra que Angello, Ingrosso e Axwell ainda vão fazer muito barulho, mesmo separados.

A emoção rola solta quando os primeiros segundos de “Don´t Worry Child” são identificados pelo público presente no show dos caras! No twitter, a comoção dos fãs (como eu) é vista por diversos tweets com trechos da música. Ever

shm7

A emoção tomava conta de Sebastian Ingrosso e Axwell, enquanto Steve Angello estava…Steve Angello – apático.

Steve estava em qualquer lugar do mundo, menos em Miami. Enquanto os outros suecos castigaram a bateria, Steve ficou responsável por soltar as tracks “Quasar” (Hard Rock Sofa), “Spectrum – Say my name” (Florence and The Machine), “Insomnia” (Faithless) e o clássico “Sweet Disposition” (The Temper Trap) que quase levou Miami abaixo!

O crowd levantado por eles será um dos momentos mais emocionantes da minha vida!

SHM1

Até tuítei que o show era épico, brutal, emocionante e do car@lho! Era impossível assistir sem empolgação. Por alguns momentos senti tanta coisa ao mesmo tempo que ficou difícil conter as lágrimas quando Axwell pegou o microfone e junto de Angello e Ingrosso agradeceu a receptivadade durante os 5 anos da banda e mostrou a trip perfeita para os edmaníacos com “Miami 2 Ibiza”

SHM3

“Scene one. Everybody get in your positions. Pay attention, and listen.
We’re trying to get this all in one take, so lets try and make that happen.
Take one, one, one, one, action!”
Miami 2 Ibiza

SHM2

Daí em diante, o final já era próximo e a emoção ficava cada vez mais intensa! John Martin subiu ao palco para salvar o mundo pela última vez ao lado do Swedish House Mafia.

“One”, o maior hit dos caras, foi o ápice da apresentação e com um sabor muito especial para esta que vos escreve afinal, foi a música que iniciou tudo isso, desde o Remixa até a minha própria carreira. Ainda toco a track como se ela fosse o último lançamento dos suecos.

shm8

Ainda rolaram as tracks “Reload” (Tommy Trash), Heart is King (Axwell) e a versão acústica de “Don´t Worry Child” enquanto o texto de agradecimento dos suecos aparecia no telão do UMF.

Foi uma grande honra assitir mesmo que pelo Youtube, a última apresentação do Swedish House Mafia e neste momento eu não encontro palavras para descrever a emoção que essas 1:30m me proporcionaram.

E em nome de muitos, registro aqui o nosso agradecimento pelos 5 anos de música boa e de apresentações que já entraram para a história da música eletrônica:

shm

Swedish House Mafia invade o Empire State Building

shm2

Hoje à noite, a torre do  Empire State Building acenderá em amarelo e azul (cores da Suécia) por conta da  Black Tie Rave do Swedish House Mafia no Hammerstein Ballroom. O evento beneficente será realizado em prol das vítimas do furacão Sandy em Nova Jersey e  para o Mayor’s Fund to Advance New York City.

SHM

A festa também tem como objetivo, trazer a consciência sobre a segurança das crianças na América, após o tiroteio no colégio Sandy Hook em Connecticut no ano passado.

Uma parte dos ingressos foram vendidos em um preço inicial de U$$100 doláres e a outra foi vendida através de um leilão! Esse tipo de evento costuma agitar os nova-iorquinos por conta do glamour que envolve a tour de despedida dos suecos!

Uhnnn…que chique!