Arquivo da tag: Robert Sillerman

Produtora Live Nation pode comprar a Insomniac por $50 milhões de doláres

insomniac-logo

Pasquale Rotella, dono da Insomniac, pretende mudar o rumo de seus negócios em 2013, a venda da empresa é apenas o primeiro passo.

De acordo com o Wall Street Journal, a negociação está bem próxima de se concretizar. Embora nem a Insomniac ou Live Nation comentou algo, “as pessoas próximas ao assunto” estão dizendo que a Live Nation poderia pagar algo em torno de  $ 50 milhões de doláres para ter uma participação de 50% na Insomniac, e para quem não sabe, ela é a produtora de eventos como o Electric Daisy Carnival,Escape e Nocturnal Worderland e Beyond Worderland.

Parece que a Live Nation quer entrar com tudo no mundo da música eletrônica mas o que corre é que a SFX Entertainment (que agora possui o Beatport e está focado na compra de empresas do seguimento de e-music) está na briga pela compra da  Insomniac por US $ 100 milhões de dólares!!!

Guerra das grandes. Quem ganha?

O público.

Depois do Beatport, SFX compra a IT&T, produtora da Tomorrowland e Sensation

Tomorrowland

Depois de adquirir o Beatport, Robert Sillerman da SFX parece que realmente vai construir seu império da música eletrônica! O cara acaba de adquirir a ID&T, produtora de festivais como Tomorrowland (agora Tomorroworld) e a Sensation junto da marca Mysteryland.

A SFX adquiriu 75% da empresa, no valor de aproximadamente US$ 136 milhões. ID & T é uma produtora de Amsterdã e funciona como uma empresa privada que produz eventos na Europa e em todo o mundo há mais de 20 anos. Robert F.X. Sillerman, presidente e CEO da SFX Entertainment, está na vanguarda do negócio.Robert Sillerman

Além de Beatport e ID&T, Sillerman adquiriu uma linha de casas noturnas em Miami, bem como empresas de vários festivais e eventos ao vivo.

A SFX também anunciou na semana passada um investimento de publicidade pesado, estimado em US $ 10 milhões. Ele planeja realizar eventos da  ID & T no Brasil, África do Sul, e talvez no Quênia e na Ásia. Sillerman foi citado em uma entrevista afirmando:

Agora a música eletrônica virou a indústria do entretenimento profissional. Eu estou vendo possibilidades, e eu não vou hesitar. Esse é o jeito que temos que fazer e vamos ir por esse caminho. “

Uhuuuulll! O Brasil está nos planos do rei da música eletrônica!

Pelo menos Robert, teve a capacidade de enxergar esse potencial brasileiro. Coisa que muito empresário brazuca não tem, a única coisa que passa pela cabeça dos daqui, é enfiar sub-celebridade na cabine.

Via New York Times