Novidade: Justin Prime e Joey Dale lançam “Pong”

Justin Prime & Joey Dale 'POINT' artwork

Pra quem ainda não conhece, Justin Prime é o colaborador do Showtek em uma das tracks mais quentes do ano: Cannoball! E agora em parceria com Joey Dale, Justin lança “Pong” pela label do Steve Aoki, a Dim Mak Records!

Justin_Prime

Fique de olho, Justin Prime já lançou tracks por labels aclamadas como Musical Freedom, Spinnin, Def Jam, Ultra e promete ser um dos grandes nomes de 2014!

Ouça a nova track do Swedish House Mafia

O Dj Allan Viana já tinha nos dado a dica desde o anúncio da separação. Eis que Pete Tong rolou a track em seu programa na BBC Radio1 e os caras do SHM oficialmente lançaram a nova música.

Mas desde a apresentação dos caras no UMF, a track tem pipocado em diversos sites e blogs e atualmente é considerada o single de despedida dos suecos.

A track conta com os vocais de John Martin, o mesmo de Save The World.

Criador do Rock in Rio planeja festival paralelo dedicado à música eletrônica

O empresário brasileiro Roberto Medina estuda o lançamento de um “filho” do Rock in Rio, um festival paralelo que seria centrado exclusivamente na música eletrônica e que, após sua passagem pelo Brasil em 2015, seguiria para Madri, Lisboa e Argentina.

Assim anunciou o empresário em conversa com a Agência Efe na noite eletrônica da terceira edição do Rock in Rio Madri, a qual contou com um público de 61 mil pessoas, o maior número entre os quatro dias do evento, e apresentou os DJs David Guetta, Martin Solveig e Pete Tong, entre outros.

“Estou super animado com isto. Seria como um filho do Rock in Rio, que, sem dúvida, também viria a Madri. A ideia é começar no Rio de Janeiro em 2015 e depois exportar para Madri, Lisboa e Argentina”, declarou Medina, que ressaltou que este projeto está “muito avançado do ponto de vista conceitual”, embora ainda não tenha um nome definido.

Segundo Medina, este novo festival de música eletrônica deverá utilizar as infraestruturas criadas nas distintas “cidades do rock”, mas com um entorno diferente e “uma cenografia incrível”.

Antes de dar início ao Rock in Rio da música eletrônica, o empresário se dedica aos preparativos das próximas edições do chamado “festival dos festivais”, que em setembro de 2014 será realizado tanto no Rio de Janeiro como em Buenos Aires, sede que receberá sua primeira edição.

Tá aí… mais uma notícia que comprova o poder de fogo da música eletrônica e pra quem não acredita, é só ver os números que a indústria da e-music movimentou em 2012!

E ainda tem gente dizendo que a e-music morreu hein?

Leave the world behind…

Sempre pensei que se algum dia eu fosse escrever para o Remixa, seria falando sobre algum assunto que remetesse a alegria e felicidade,  mas como fã e admirador estou aqui para falar sobre o fim do trio Sueco Swedish House Mafia.

Não se sabe ao certo o que aconteceu para ser tomada essa decisão mas segundo informações será dado uma entrevista no programa Radio 1 do Pete Tong para expor o real motivo desta separação.

O que Axwell, Steve Angello e Sebastian Ingrosso fizeram para a cena desde 2009 quando o grupo foi formado é inimaginável, desde apresentações históricas como no Madison Square Garden e Tomorrowland, como parcerias e tracks que se tornaram hinos da house music.

Depois do clip e de toda as ações da marketing que envolveram seus últimos lançamentos, Greyhound e Euphoria (essa última com participação do Usher) nunca iriamos imaginar que o grupo teria um fim assim, sem explicação e que chocou os verdadeiros fãs dos suecos…

Infelizmente não teremos um Antidote para o fim da Máfia Sueca.

R.I.P Swedish House Mafia 2009-2012

Clique aqui para download da track