Daft Punk e Gisele Bundchen juntos em capa de revista

GISELE-DAFT-PUNK-NOVA

Gisele Bundchen e Daft Punk são o trio que estampa a próxima edição da revista americana “WSJ.”. Eles foram escolhidos como as “caras” para a edição especial que fala sobre inovação.

A top brasileira e a dupla de DJs franceses foram fotografados por Terry Richardson para a capa da publicação.

E falando em Daft Punk, o grupo vocal Pentatonix (que já fez uma versão fod@ das melhores músicas da Beyoncé ❤), fez um mashup mais fod@ ainda das maiores tracks dos robôs franceses!

E tudo isso no gogó! Tem como não amar?
Assista abaixo:

Remixado do Papelpop.com

Via @tgomota

Carl Cox toca música de @Antonioeudi feita em parceria com @Wehbba

Antonio Eudi vem conquistando cada vez mais espaço na cena eletrônica. O grande nome da cena que agora se rende as produções do produtor brasileiro é nada mais nada menos que o maior nome do Techno no mundo, o inglês Carl Cox.

Track que vai ser lançada pelo selo Tronic é destaque no podcast do rei do Techno

A track Blind Faith é fruto de uma parceria com o renomado produtor Wehbba. Este novo hit foi destaque na edição 467 do radioshow Global. Com mais de 12 milhões ouvintes, o podcast é sucesso nas principais rádios do mundo. Ouça em http://www.mixcloud.com/CarlCox/carl-cox-global-467/

O EP Blind Faith vai ser lançado no segundo semestre pelo renomado selo Tronic, do DJ Christian Smith.

O maestro da House Music do Brasil, Antonio Eudi, acabou de retornar de mais uma noite histórica em Portugal. Convidado para a festa de comemoração dos 18 anos do club Capitulo V, na Praia da Oura. Confira o sucesso que esta música fez no club português em http://www.youtube.com/watch?v=IotszTuSUTc&feature=share

Mais informações:
http://www.hypno.com.br/pagina-do-artista?codigo=000020
http://www.carlcox.com/#/radio

Via liberação de imprensa

Eric Prydz vai lançar disco triplo!

Eric Prydz vai lançar seu primeiro álbum pela Virgin Music em 18 de maio! O sueco que também assina uma grande festa de lançamento do álbum ”Eric Prydz presents Pryda” na MOS* em 14 de abril, lança um álbum triplo sendo que o primeiro cd, conta com suas tracks inéditas e os cd´s 2 e 3 trazem as tracks mixadas por Prydz ao longo de sua carreira.

Pra quem não conhece o cara, além de ser um baita produtor, reza a lenda que Eric era o quarto membro do Swedish House Mafia, abandonou o grupo por ter medo de aviões e não poder acompanhar os mafiosos em suas apresentações ”around the world”.

E também é autor daquele porre-hit de 2005, ”Call on me”.

043. Eric Prydz – Call on Me.mp3

Veja o teaser do álbum ”Eric Prydz presents Pryda”, clique aqui!

Veja a tracklist:

Disc 1
1. Shadows
2. Agag
3. Beyond 8
4. Javlar
5. Sunburst
6. Hardrock Lausanne
7. You
8. SW4
9. Leja
10. Mighty Love
11. Allein
12. You Interlude
13. Pjanoo (Eric’s Intro Edit)

Disc 2 – Retrospective Mix Part 1
1. Lesson One
2. Miami To Atlanta
3. Genesis
4. Rakfunk
5. Europa
6. Aftermath (Eric’s Edit)
7. Frankfurt
8. Armed
9. Reeperbahn
10.Muranyi
11. Paolo Mojo – 1983 (Eric Prydz Remix)
12. The Gift

Disc 3 – Retrospective Mix – Part 2
1. The End
2. RYMD
3. Waves
4. EMOS
5. VIRO (Eric’s Intro Edit)
6. Glimma
7. Juletider
8. With Me
9. 2Night
10 Melo (Eric’s Special Edit)
11. M.S.B.O.Y
12. Mirage

Hoje é o dia mundial do Dj!

De onde saiu essa data ou quem a inventou, eu não sei. Mas o que sei é que: sim! Nós temos muito o que comemorar! A cena da música eletrônica nunca este tão em alta! Nos últimos dois anos vimos o ressurgimento da então considerada música da noite e para noite. Mas em contrapartida, também fomos atacados por uma praga chamada ”fake dj”, mas na boa: WHO CARES? Provavelmente, você leitor já deve ter ouvido falar de Karol Konká e a música ”Boa Noite”, para resumir o que penso sobre os fake dj´s, utilizo um trecho dessa track:

Ganhando essência sem desperdiçar
Se identifique, então se posicione
Quem é real não se esconde
Ouça esse som bem alto e se emocione

Não preciso dizer mais nada né?

O que realmente importa é que a cena esta mais viva do que nunca e concordo com David Guetta que disse há pouco tempo atrás que ”a e-music será tão grande quanto o hip-hop”. E tenho certeza de que será mesmo. A e-music ainda vai ocupar muito topo de charts por aí. Mas estamos aqui pra homenagear o grande responsável por todo esse sucesso: O DJ!

Se não fosse por ele a cena de e-music mundial, jamais estaria tão boa. O dj se tornou o grande responsável pelo sucesso da noite. E em muitas vezes pelo fracasso dela também. Digo isso, porque até então restrito à sua pequena cabine, o Dj toma ares de ”SUPERSTAR” e as vezes é muito mais respeitado do que a ”celebridade” contratada pra ficar na aréa vip (quando a regra do jogo era essa).  Não importa o que ele utilize para fazer seu som, desde que esse som saia e cause algum efeito em quem está lá na pista. Mesmo com todos os contras que a profissão tem, a grande sacada é sentir alguma emoção. Ricardo Guedes dizia que ”se não tiver risco, vá embora pra casa”, então o grande barato de ser Dj, é a emoção que isso proporciona. Sinto coisas inexplicáveis atrás de uma cdj, coisas que só quem está lá sabe o que é. Só quem esquece um cabo, esquece a case, grava cd em formato errado, saca quando a track não está agradando e pula junto quando tem a oportunidade de tocar a sua track favorita e fazer a pista dançar com você sente isso. Isso é emoção!

Só quem é Dj sabe o que isso significa.

Há  25 anos atrás, perdíamos um dos maiores dj´s brasileiros de todos os tempos: Ricardo Lamounier. Neste ano, completa-se dois anos da perda de Ricardo Guedes e Gregão e um ano da morte precoce do Dj Mehdi.

Não espere eles irem embora, para valorizá-los.

Viva o Dj!

Viva o Dj brasileiro.

@Kotdbr lança disco: Criminal

Aê! Até que enfim o tão esperado disco do duo paulistano Killer on the Dancefloor foi lançado! O discão já está disponivel no Beatport e no iTunes!
“Criminal” (que sai pelo selo 3Plus Music) e que conta com a colaboração de artistas de diversos universos como: Copacabana Club, Database, Holger, Dada Attack, Thiago Pethit, Marco Hanna, Antonio Eudi, Turbo Trio e Cabal.

Ouça: Running Away