Duelo do Século: Dj Marky vs. Dj Patife

Pára o mundo, que eu quero descer! Dois Monstros do Drum´n´bass estão juntos em um duelo incrível! O Sónar São Paulo, promove uma verdadeira batalha épica e de proporções imensuráveis!

Evento promoverá uma verdadeira ode ao drum & bass com apresentação inédita de dois dos maiores nomes da música eletrônica do Brasil

O dia 11 de maio, primeiro dia do Sónar São Paulo 2012, promete entrar para a história da música brasileira como o dia que marcará o encontro em formato de duelo de dois dos maiores nomes da cena eletrônica no País: DJ Marky e DJ Patife.

Exatos 10 anos depois do lançamento de “LK”, música composta por Marky e XRS que se tornou a grande responsável pelo estouro do drum & bass nacional pelos quatro cantos do planeta, será realizada no Sónar São Paulo uma performance especial, cheia de edits, técnica impecável, scratches perfeitos e com a mesma vibração que levou nossos DJs a ganhar o mundo.

Chico Dub e Marcos Boffa, membros da equipe artística do festival no Brasil, comemoram o encontro.

Segundo Boffa,

 “Marky e Patife são o Pelé e o Garrincha das pick-ups nacionais. A estreia em formato de duelo desta performance de craques certamente não deixará nenhum quadril ileso.” Já Chico Dub afirma que “num momento de valorização da música brasileira contemporânea no exterior, é fundamental celebrarmos esses dois artistas pioneiros que abriram tantas portas para os que vieram depois. Será realmente imperdível!”

Marky e Patife se apresentarão no primeiro dia de festival em um dos três palcos do evento e levarão os amantes da drum & bass ao êxtase com suas batidas e performances contagiantes, que prometem sacudir as estruturas do Parque Anhembi.

E vale lembrar que o Sónar SP traz para São Paulo além deste duelo incrível, nomes como Björk, Justice, Gui Boratto, James Blake e Jeff Mills!

Os ingressos para o Sónar São Paulo 2012 podem ser adquiridos no www.ingresso.com

Vi aqui

4 comentários

  1. Eu já tive o prazer de presenciá-los em parceria duas vezes e não dá pra manter qualquer parcialidade diante disso: é mitológico. Vale ressaltar que mesmo antes de LK e Sambassim, havia duas faixas que abriram as portas da The End e da Rumba (duas nichos seminais da cena britânica) para que os dois pudessem realmente cavar o espaço que deu a eles o prestígio e reconheceu um vasto cenário de produtores brasileiros: remix do Patife para Max de Castro – Carnaval e remix do Marky para John B – Salsa. Pra quem for, pode ter certeza que els recontam essa história em forma de música por lá.

Fala aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s