Como Amon Tobin está revolucionando o Dj Set?

Antes de responder, vamos fazer outra pergunta: Quem é Amon Tobin?

Segundo o Wikipédia, Amon Tobin (nascido Amon Adonai Santos de Araujo Tobin, no Rio de Janeiro, Brasil) é um DJ e produtor de música eletrônica. Radicado em Londres desde o início da década de 1990, reside atualmente no Canadá. É conhecido pelo uso de bases rítmicas do drum’n’bass, fundindo-a com o jazz e o hip-hop. No seu primeiro disco usou o pseudônimo Cujo. É tido pelo site All Music Guide como um dos mais originais artistas em atuação na música eletrônica.

Você nunca ouviu falar de Amon Tobin? Não esquenta, a gente também não. Sem contar que a gente achou que era algum integrante da Família LimaZZZzzzzróinc que tocava naquele projeto ”de música eletrônica” do irmão da Sandy, o Xúúnior Lima…

Mas uma coisa é certa, realmente o cara está revolucionando em suas apresentações, é impossível não ficar embasbacado ao ver esse vídeo:

http://thecreatorsproject.com/pt-br/blog/como-amon-tobin-est%C3%A1-revolucionando-o-dj-set-v%C3%ADdeo 

Embora diga explicitamente que “não está tentando reinventar a roda”, depois de assistir ao trailer da performance ao vivo do DJ brasileiro residente em Montreal Amon Tobin do seu novo álbum ISAM, não pudemos deixar de pensar que essa tela belamente concebida poderia mudar a maneira como experimentamos os DJ sets. O que não sabíamos ainda era que Tobin sempre esteve procurando maneira de melhorar sua música visualmente, dando um ambiente aos sons e usando colaborações para estabelecer narrativas mais profundas.

Para seu oitavo álbum de estúdio, ISAM, Tobin se uniu a Tessa Farmer, uma artista visual que produz instalações cenográficas taxidermistas delicadamente coreografadas feitas com insetos, animais e ossos; e pediu a ela que fabricasse cenas para cada uma das músicas do disco. Permitindo que cada música existisse no espaço físico de uma galeria, ele alcançou um grupo inteiramente novo de pessoas que poderiam não conhecer sua música. (Se a obsessão bizarra de Farmer por insetos chamou sua atenção, leia mais no site da Vice.)

Em outro empenho para criar uma experiência visual para sua música, Tobin chamou os experts em projeção de mapeamento do V Squared Labs e Heather Shaw do Vita Motus Design para conceber um cenário para performances ao vivo, e Alex Lazarus da Blasthaus para o design de produção e direção criativa. Veja como eles chegaram até o conceito de “uma estranha fantasia adolescente sobre estar numa nave espacial” no vídeo acima.

3 comentários

Fala aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s