New Faces: Dj Myliê

 

Myliê Catarine, mais conhecida como Dj Myliê, iniciou suas atividades como disc-jockey em Janeiro de 2011, na ocasião teve seu primeiro contato físico com um CDJ e um mixer através de um amigo, que nas palavras dela ‘’ me ajudou de tal forma que eu não saberia como retribuir’’. Observando-o, ela achava que seria impossível fazer uma mixagem, pois aquilo para a Dj, era algo de outro mundo. Ela pensava: ‘’Como ele consegue essa sincronia perfeita?’’ Daí então ‘’começaram’’ a treinar e ela começou a perceber que seu desempenho começou a melhorar – o que foi um alívio.  E daí foi surgindo outras curiosidades, como saber sobre equipamentos em gerais, programas e afins… Resolvida a então comprar – começar a comprar – seus equipamentos, que de certa forma facilita todo esse aprendizado, e que, com o suor de seu trabalho.

‘’Acho que é importante deixar essas coisas claras, pois são coisas difíceis que temos que ultrapassar com esforços diários, por que quem acha que ser Dj é fácil está enganado. Atrevi-me a tocar em uma balada sendo que não tinha experiência no assunto, então o resultado não tão esperado foi: SAMBA. Mas algo que sempre coloquei em primeiro lugar, foi a minha enorme confiança no meu repertório, por que é isso que ‘’a pista’’ quer ouvir, uma boa música. ’’

 Passado algum tempo, a Dj teve a oportunidade de fazer a sua primeira apresentação em uma festa, na data de 12 de Junho de 2011, onde a mesma ficou surpresa com sua própria  performance e surpreendeu a todos aqueles que estavam na pista. Para ela, isso foi muito gratificante e proporcinou ainda mais confiança em seu próprio trabalho. E através dessa performance, ela começou a recebe  mais convites para festas, open airs, baladas como Porto Music Bar, Bar Verde, Bofetada Club, Tribos, Bombar Fest, Eletro Sunday, Babylon e  Girl On The Floor.

‘’E cheguei aqui, e com toda certeza não foi sozinha, pois neste período conheci pessoas maravilhosas que doam de si antes de pensar em si mesmas. E claro Deus que me mostrou e ainda mostra o caminho por onde devo seguir sempre! E sei que isso é só o inicio da minha pequena história, pequena, porém cheia de luta e de muito esforço, pois a recompensa está na pista, quando esta dança ao som da minha música. ’’

Fique ligado para saber mais novidades sobre seu trabalho e sobre sua agenda!
Facebook: /MyliCatarine

Bookings
E-mail: mylicatarine@hotmail.com
Tel: 11-61422641

 1- O que você espera da carreira de Dj?
Espero o meu futuro. Espero sempre ter a responsabilidade de tocar de verdade e com amor. Mostrar o meu trabalho com humildade e sem nunca deixar pra trás o que sempre trouxe comigo: a paixão pela música.

2- Há quanto tempo toca?
Pouco tempo, cerca de 3 meses oficialmente.

3- Qual seu estilo favorito?
Tribal e Dirty sem dúvidas.

4- Qual equipamento você utiliza?
Cdjs Pionner (na maioria das vezes), mas isso é o de menos.

5- Quais as 5 tracks que não podem faltar em seu set?
1 * Marcos Carnaval e Rodrigo Vieira – Good Night Drums
2 * The Raytech – Cardiac
3 * Bassjackers and Jorn – 16
4 * Breno Barreto feat Alex Marie – The Music
5 * Hever Jara – Bopa Bo

http://player.soundcloud.com/player.swf?url=http%3A%2F%2Fapi.soundcloud.com%2Ftracks%2F21458498 

38 comentários

  1. DUTCH DUTCH DUTCH TRIBAL TRIBAL TRIBAL é sempre a mesma coisa…Na boa, não estou desmerecendo o trampo de ninguém, mas cadê a criatividade? 128 com 128 é só soltar o play, marca um cue point e pronto pista fervida na hora, cadê as mixagens? Cadê as viradas marcadas?
    Mas parabéns pela entrevista, ficou legal….sucesso

  2. Galera parem de reclamar de tudo…vamos prestigiar o trampo da mina e já era…isso é chato, vcs leram que amina só tem 3 meses de carreira não eh justo cobrar viradas perfeitas, começo é assim mesmo, mas eu acho que só tem que ousar mais nessa lista aí, músicas fadadas ao sucesso, acabam caindo no esquecimento, mas como disse, ela é nova demais e isso a experiencia vai trazer pra ela: ousadia!

  3. Yuri eu acho qu o blog nao tem nada a ver com isso porque cade os djs desse estilo que nao mandam nada pra eles?eu acho que se ta fazendo sucesso em um determinado estilo eh porque eh legal e mostra que a galaera do ducth se empenha pra mandar e divulgar seu trampo eu curti demais a entrevista e curto muito esse blog realomente deveria ter outros estilos mas sei la acho que os donos do blog nao tem nada a ver com isso

  4. Yuri nada a ver detonar o blog ou citar a criatividade deles, a sessão é aberta e cada um manda o que acha que tem que mandar e soh estou dizendo isso porque nao teve soh dutch nao, o ulisses nao era dutch, mauro trevisan nao era dutch e o drnk punks nao eh soh dutch ja vi set de drum n bass de house de tech house entao e facil vc vir aqui e dizer isso…

  5. Se o dj toca com virtual ele nao presta, se o dj toca com controladora ele nao presta, se ele toca com cdj mas nao mix ele nao presta, se ele poe um cara pra tocar pra ele, ele é filha da puta, se ele toca sozinho mas samba ele nao presta, se ele toca um estilo, ele é modinha, se toca outro eh underground demais…ah vá pra puta que pariu vcs da ce

  6. Galera, não é pq hj é segunda feira que vcs tem que ficar mal humorados. Cade o amor no coraçãozinho de vocês haha !
    em relação ao cdj, ela quis dizer que independente de equipamento, pode ser pioneer, denon, enfim, ela toca com variados equipamentos.
    Só dutch, só dutch e só dutch. É a onda no Brasil no momento. Existe o e-mail do blog, mandem sets de dnb dubstep pra ele, quem sabe eles são postados aqui hã hã ?!
    E várias criticas ref a lista dela, à falta da virada marcada, enfim, o nome da sessão é ? “NEW FACES” A mina tem pouco tempo na profissão, há de melhorar.
    Pra quem ta pensando, “ele é do blog” ou então, “ele conhece ela, e ta defendendo” tá COMPLETAMENTE errado ! Não sou do blog, e nem conheço ela. Acho que vcs deveriam ser mais conscientes aos postar algo.

  7. Concordo com o Lucas e outros, não ha como cobrar alguem que tem pouca experiencia, ela ta seguindo a onda que invadiu as pistas, o dutch, é um porre é um porre mas acho que o blog nao tem nada a ver porque até onde sei eles postam aquilo que recebem….acho que a dj tem que ousar mais ficar na mesma coisa é burrice…tem tanta vertente por ai e ate mesmo o dutch tem coisas legais isso é questão de pesquisar…parabens ao blog e pela oportunidade dos djs mostrarem seu trabalho!

  8. Concordo com a cena, cade os set´s então? Gente enquanto existir essa babaquice de que ”meu estilo eh melhor que o seu” a cena vai continuar essa bosta que tah hoje em dia, qualquer otario vira dj conheco djs muito melhores do que ela nao menosprezando o trampo dela, mas olhja a difetrenca ela disse que ja tocou em festas e ele nao mas a diferenca eh que ele tem esse pensamento bobo de que nao toca outra coisa ah vah a merda parem de reclamar e prestigiem os brasileiroos seja modinha ou nao 🙂

  9. Vamos lá, acho que esta havendo uma briga boba e sem sentido pra resumir se vcs acham que fazemmelhores do que ela, mandem os sets de vcs. nao adianta meter o pau sem ter como se fundamentar façam melhor do que ela, e musica eletronica pra mim eh isso, vc nunca agrada todo mundo, mas quem ama de verdade curte qualquer estilo…

  10. Aline criando polemicas como sempre! Amiga adoro seu blog e acho que vc tem um talento fudido pra escrever e tem ainda mais talento pra escrever bobagens hahahaha adoro suas piadinhas! Gostei da entrevista e nao entendo uma virgula do que foi dito nos comentarios, mas ouvi o set e achei legal. Mas como ja foi dito aqui, ouçam primeiro antes de julgarem e parem com essa bobagem de meu set eh melhor que o seu e eu acho que o blog deveria criar uma batalha de djs ai sim podemos ver quem eh melhor ou nao mas se tratando do amor pela musica eletronica que minha amiga Aline tem, eu sei que ela ia adorar qualquer um que aparecesse. Sucesso menina Aline, essa sua paixão ainda vai te levar pra lugares muito altos que é o que vc merece!

  11. Primeiramente parabéns ao blog pelo espaço aos Djs independente do tempo de carreira.Pelo pouco tempo que começo do blog pude perceber que há espaço para todos os estilos. Galera aproveite esse espaço para dar sugestões e incentivos para a nova geração de Djs ,se todos forem só criticar logo mas não existirá novos Djs,sei que é impossível agradar à todos,lembre-se que cada um é dono do seu próprio sentido ouvir e enxergar são escolhas individuais.

  12. Acho que ela quiz dizer que geralmente toca com pioneer. Mas se vier outra coisa, está tudo bem.
    Aqui passaram bons DJ’s. O problema que o mercado já tem tanto DJ, que quando sai um novo DJ com as velhas técnicas o povo já sai falando! Lembrem-se ela só tem 3 meses, vai ralar muito e quem sabe aprender um pouco mais. vlw

Fala aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s