Hoje é o Dia Internacional do Dj!!! Vamos comemorar!!!

Vocês podem nos odiar. Vocês podem não sentir falta da gente. Vocês podem não compreender a gente. Vocês podem não ter consciência da nossa existência. Nós apenas esperamos que vocês não se importem em nos julgar, porque jamais iremos julgar vocês. Não somos criminosos. Não somos desiludidos. Não somos viciados em drogas. Não somos crianças ingênuas. Somos uma aldeia maciça, global e tribal que transcende a figura do homem criador da lei, a geografia física e o próprio tempo. Nós somos a massa. Fomos primeiramente desenhados pelo som. De muito longe, a batida trovejante, envolvente e ecoante era comparável ao coração materno envolvendo uma criança em seu ventre de concreto, de aço e de cabos elétricos. Fomos traçados dentro desse ventre, e ali, na profundeza e na escuridão das batidas, viemos para aceitar a idéia de que somos todos iguais. Não apenas na escuridão e entre nós mesmos, mas para a pluralidade de músicas que bate dentro de nós e transpassa nossas almas: somos todos iguais. E em algum lugar dentro da freqüência de 35 Hertz nós poderíamos sentir a mão de Deus nas nossas costas, impulsionando-nos para frente, impulsionando-nos para que nós próprios nos impulsionemos a nós mesmos para fortalecermos nossas mentes, nossos corpos e nossos espíritos. Impulsionando-nos para que nós pudéssemos nos voltar para a pessoa que está ao nosso lado e assim dar nossas mãos e levantá-las com o poder de compartilhar a alegria incontrolável que nós sentimos desde a criação dessa bolha de ar mágica que pode, por uma noite, nos proteger dos horrores, das atrocidades e da poluição que existe fora do mundo. Isso acontece em cada instante, e através dessa consciência matriz cada um de nós teve a oportunidade de verdadeiramente nascer.

Trecho:Manifesto Raver

Parabéns, para aquele que exerce papel fundamental dentro do cenário da música eletrônica e por que não, da música em geral!

 

CONGRATULATIONS!!!

 

O termo disc jockey foi primeiramente (e ainda é) utilizado para descrever primeiramente a figura do locutor de rádio que introduziam e tocavam discos de gramofone, posteriormente, o long play, mais tarde compact disc laser (CD) e atualmente, empregam o uso do mp3. O nome foi logo encurtado para DJ. Hoje, diante dos numerosos fatores envolvidos, incluindo a composição escolhida, o tipo de público alvo, a lista de canções, o meio e o desenvolvimento da manipulação do som, há diferentes tipos de DJs, sendo que nem todos usam na verdade discos, alguns podem tocar com CDs, outros com laptop (emulando com softwares), entre outros meios. Há também aqueles que mixam sons e vídeos (VJs), mesclando seu conteúdo ao trabalho desenvolvido no momento da apresentação musical. Há, no entanto, uma vasta gama de denominações para classificar o termo DJ.

 

Anúncios

Fala aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s